18.8.02

ABLOG É CULTURA

Mulheres andam com bolsas há muito tempo. No entanto, quase ninguém lembra do inventor da bolsa feminina. A equipe de pesquisa do ABlog foi atrás desta informação de grande valor para sua formação e conseguiu não apenas o nome como também a foto:

felix

Observe na foto o Gato Félix com sua invenção. Capaz de armazenar literalmente qualquer objeto, existem relatos de que, originalmente, a bolsa teria o papel de carregar apenas itens que fossem necessários no dia a dia. O conceito mudou de uns tempos para cá, mas ainda assim é uma peça muito comum em nossa sociedade.

Nossos pesquisadores continuam trabalhando para encontrar documentos que elucidem o eficiente procedimento de busca utilizado por Felix para encontrar seus pertences em questões de segundos. Mulheres até hoje perdem horas dos seus dias em busca da chave do carro, do baton, do mini secador de cabelo e outros itens de uso corrente.
DOMINGOS

Domingo é que nem chuchu: sem gosto. Tá ali, na sua frente. Verde. Sem movimento. Silêncio absoluto. As vezes pousa uma mosca.
Se for um domingo de sol, é um chuchu com um queijinho parmesão em cima. Senão, é chuchu plain mesmo.
Você sabe que está em um domingo quando sua cama passa a exercer uma força sobrenatural de atração. Mind control. Todas as estações de rádio passam a tocar Kitaro e Enya. A TV de seu quarto amanhece junto a porta, obstruindo sua passagem para fora de casa. E quando você liga o aparelho, o único canal que pega apresenta um documentário interessantíssimo sobre Race Bannon, o personagem grisalho do desenho Johnny Quest. É um dia propício para acontecer uma desgraça, como por exemplo seu vizinho organizar um Karaokê.
Quem quiser situar o domingo no tempo, fica depois de um engradado de cerveja vazio e antecede o dia internacional de início da dieta e do fim do hábito de fumar.
Domingo. Chuchu.

16.8.02

PREMIAÇÃO DE ATOR DE CARTOON MAIS SEM CARISMA

Todo mundo lembra do Bionicão, fiel parceiro do Falcão Azul, que depois pegou o papel do Astro, cachorro dos Jetsons e no auge da carreira, após uma plástica, foi consagrado interpretando Scooby-Doo. Hoje vive em uma mansão em Beverly Hills, come do bom e do melhor e está cercado de cadelas.

Enquanto isso, um outro ator de cartoon lutava pela sobrevivência. O personagem mais sem carisma da história do desenho animado. Esquecido por todos. O único cartoon grisalho. PQP!!! Um cartoon grisalho!!! Não podia dar certo...
Ele é Race Bannon, do Johnny Quest. Vejam uma foto que foi tirada durante as gravações do desenho, na época do lançamento:



Dizem que o cara ganhou a ponta no desenho porque tinha costas quentes. Mas mesmo aparecendo em um cartoon relativamente famoso, não conseguiu ser absolutamente ninguém.

A equipe de críticos do ABlog dá a Race Bannon, essa pessoa inexpressiva, uma grande vaia.

13.8.02

PITBULLS MIRINS

Crianças sádicas. Armadas até os dentes com espingardas e facas de plástico e bombadas de esteróides produzidos com o Laboratório do Pequeno Químico, estes pitbulls mirins fazem justiça com as próprias mãos nos playgrounds da cidade.

Esta é a nova geração, e seus filhos podem vir a fazer parte deste grupo.

O pião foi substituído pela granada de mão. Os Jetsons se mandaram em sua nave antes que o Pokemón (aquele bicho fofinho) ficasse puto e começasse a disparar raios em todas as direções. O vocabulário e a gramática ficaram mais restritos, mas contemplam construções como "Vou enfiar minha sub-metralhadora Uzi no seu..." e "Vou arrancar suas víceras seu nazista Filho da P...".

Onde está a ingenuidade? Onde foi parar a inocência???
Ninguém mais brinca de médico??????
NA MALA DO CARRO

Não sou um cara violento. Mas se eu tivesse dinheiro suficiente para gastar com supérfluos, compraria uma arma para botar na mala do carro. Não uma arma qualquer: algo de efeito moral.

Imagine a cena:

Um sujeito desprovido de intelecto entra no seu carro levando consigo outro veículo. Como se não bastasse, vem em sua direção querendo - com o perdão do francês - cagar regras.
O que você faz?
Sem falar nada, caminha até a traseira do seu carro e abre o porta-malas com cara de indiferença. Lá está ela, brilhando, implorando para ser exposta em público. De repente, como se fosse a coisa mais trivial do universo, você puxa sua MEGA-ESPADA-VIKING de 2 METROS e caminha lentamente na direção do imbecil que há alguns minutos pensou em argumentar.



Não sei exatamente como terminaria a situação. É possível que seu novo amigo puxe um revólver e ganhe a disputa. Talvez ele se borre de medo e corra como nunca correu antes. Ainda assim, seria uma cena digna de ser vivida e contada em mesas de bar.
INSOMNIA



Novo filme do Al Pacino e da babá quase perfeita.
Estréia, em breve, no Rio de Janeiro.
Sessões de 2:00 às 6:00 da manhã.
LINKS SENSACIONAIS

Odeio esse negócio de dizer que achei alguma coisa sensacional na web, enfiar um link e botar ponto final. Ainda que venha associado a um pequeno comentário a experiência do usuário se torna uma gincana e você gera uma expectativa que pode não ser correspondida.

1. Leia meu conselho de uma linha.
2. Clique onde diz "clique aqui".
3. Espere a página carregar o seu texto de 2 páginas.
4. Procure o assunto em questão.
5. Dê a volta na sua cadeira.
6. Pegue o lenço atrás da árvore.
7. Veja se você também acha interessante o que eu considero uma das melhores coisas já publicadas por seres humanos.

Quer botar um link? Escolha direito. Faça um comentário. E faça do seu comentário algo minimamente interessante. Senão não vou clicar.
Deu pra perceber que fui enganado por um link inútil? Ok. Fim do momento catarse.
CLONAGENS E HOMENAGENS

Algo me diz que os japoneses já descobriram como clonar seres humanos há muito tempo...
Dizem que hoje em dia, no Japão, vende-se foto 3x4 no jornaleiro. O cliente escolhe apenas o comprimento do cabelo dentre os modelos já existentes.

Falando nisso, fica impossível não lembrar de um amigo meu, o Hiro. Pessoa excelente, carisma puro e um poço de conhecimento. Merece uma homenagem em meu blog!



Me desculpo no entanto pela falta de originalidade. É bem verdade que existem várias versões dessa mesma imagem, mudando apenas o nome que vem embaixo, tipo: "Eu também conheço o Misoshiro", mas o que vale é a intenção!

Quem quiser acessar o Blog dele, é só clicar aqui.